Emmanuel Dunand/AFP
Emmanuel Dunand/AFP

Daniele Rugani, zagueiro da Juventus, é diagnosticado com coronavírus

Segundo o clube italiano, o jogador não apresenta sintomas no momento

Redação, Estadao Conteudo

11 de março de 2020 | 19h38

Um breve comunicado divulgado pela diretoria da Juventus anunciou, nesta quarta-feira, que o zagueiro Daniele Rugani, de 24 anos, testou positivo para coronavírus.

"A Juventus está ativando todos os procedimentos de isolamento planejados, incluindo o censo de todas as pessoas que entraram em contato com ele", escreveu o clube na nota publicada em seu site oficial.

É o segundo caso de jogador infectado com o vírus da doença. O zagueiro Timo Hübers, do Hannover, da segunda divisão da Alemanha, também foi diagnosticado com a doença e, segundo o clube, está em quarentena em casa.

A Itália é o principal foco do surto de coronavírus na Europa. Na segunda-feira, o Comitê Olímpico Italiano (CONI, na sigla em italiano) decidiu suspender todos os eventos esportivos no país até o dia 3 de abril, por conta do temor com o surto global da doença que está se expandindo com muita velocidade, tanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o surto como uma pandemia.

O governo italiano acatou o que foi proposto na reunião na sede da entidade, em Roma, e assinou um decreto para validar a decisão.

A decisão vale também para partidas do Campeonato Italiano de futebol, que teve as próximas rodadas adiadas. O duelo entre Internazionale x Getafe, pela Liga Europa, nesta quinta-feira, também foi prorrogado.

Rugani é reserva na Juventus. Ele entrou em campo em apenas sete jogos nesta temporada. O defensor foi revelado pelo clube de Turim, passou pelo Empoli, e voltou à equipe em 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.