Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Danilo exalta passagem pelo Corinthians: 'Saio com a sensação de dever cumprido'

Aos 39 anos, meia conquistou oito títulos com a camisa alvinegra: dois Brasileiros, uma Libertadores, um Mundial de Clubes, uma Recopa e dois Paulistas

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2018 | 22h38

O empate do Corinthians por 0 a 0 com a Chapecoense, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, marcou a despedida do atacante Emerson Sheik e do meia Danilo da arena do clube em partidas oficiais. Antes e após a partida contra o clube catarinense, os dois jogadores foram homenageados pelo Corinthians. Sheik vai encerrar a carreira. Danilo, ao contrário, continua jogando, mas não terá seu contrato renovado pela diretoria. Eles entraram no segundo tempo da partida e foram muito aplaudidos pelos torcedores.

Danilo, de 39 anos, conquistou oito títulos enquanto vestiu a camisa do Corinthians: Brasileirão (2011, 2015 e 2017); Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012), a Recopa Sul-Americana (2013), além do Campeonato Paulista (2013 e 2018).

"Muito honrado. É hora de agradecer a Deus por tudo. São nove anos aqui, tem altos e baixo. Mas a gente ganhou muito. Saio com a sensação do dever cumprido. Sempre que vier aqui vai ter foto minha, taças. Só tenho a agradecer a todo mundo", disse Danilo, que confirmou a vontade de continuar atuando na temporada 2019.

Porém, Danilo não deu qualquer dica sobre quais serão os próximos passos da sua carreira. "Estou louco para jogar. Espero que seja no ano que vem, mais um ano de vitórias. Ainda não recebi (propostas), mas está tranquilo. Agora, vamos aproveitar as férias e pensar no ano que vem", completou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.