Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Danilo faz trabalhos de transição em campo e se aproxima de retorno à seleção

Lateral inicia treino físico e evolui tratamento no quadril, mas não enfrentará a Sérvia nesta quarta-feira às 15h

Leandro Silveira, enviado especial / Sochi, O Estado de S.Paulo

25 Junho 2018 | 12h47

Ainda não será contra a Sérvia, mas o retorno de Danilo à seleção brasileira deve ocorrer em breve, desde que a equipe avance às oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. Nesta segunda-feira, no último treinamento da equipe em Sochi antes do confronto pela rodada final da fase de grupos da competição, o lateral-direito do Manchester City realizou trabalhos físicos em campo. Já o meia-atacante Douglas Costa continua se recuperando de lesão, sem previsão para um retorno.

+ Tite deve mudar escalação da seleção brasileira para jogo contra a Sérvia

+ Sérvia tenta aproveitar pressão em cima do Brasil: 'Não temos nada a perder'

+ Rodízio de capitães de Tite dá o que falar na Copa do Mundo

De acordo com informações confirmadas pela reportagem do Estado, Danilo fez trabalhos de transição e não reclamou de dores na região direita do quadril, o local da sua lesão. As imagens da atividade no estádio Slava Metreveli, divulgadas pela CBF TV, também mostram o lateral-direito fazendo trabalhos físicos, enquanto os demais jogadores treinavam no campo.

Danilo permanecerá em Sochi nos próximos dias e realizará atividades com um dos fisioterapeutas do departamento médico da seleção no hotel em que a equipe se concentra. Se reagir bem a este tipo de tratamento, poderá até voltar a defender a equipe no confronto pelas oitavas de final da Copa - o Brasil, no entanto, precisa de um empate com a Sérvia para avançar de fase neste confronto marcado para começar às 15 horas (de Brasília) de quarta-feira, em Moscou.

Na última quinta-feira, véspera do confronto com a Costa Rica, Danilo sofreu lesão na região do quadril direito durante a parte final do treinamento da equipe na Arena Zenit, local da partida. Ele teve sua vaga ocupada por Fagner naquele jogo, situação que se repetirá no confronto com a Sérvia, sendo que o técnico Tite não tem outro lateral-direito à disposição - Marquinhos e Fernandinho são jogadores que poderiam ser improvisados na posição.

 

A recuperação de Danilo se dá em ritmo mais acelerado do que a de Douglas Costa. O meia-atacante se contundiu nos minutos finais do triunfo sobre a Costa Rica, com exames posteriores apontando lesão na região posterior da coxa direita. Ao confirmar a lesão, o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, já havia indicado que o problema de Douglas Costa era mais grave. "O caso que mais preocupa é o do Douglas Costa, mas o do Danilo não é muito diferente. Só que é um músculo secundário, então existe expectativa um pouco melhor com relação a ele", afirmou, no último sábado.

Lasmar, porém, não descartou a possibilidade de Douglas Costa voltar a ser aproveitado durante a Copa, embora não tenha detalhado o grau da lesão sofrida pelo jogador da Juventus. Nesta segunda-feira, ele realizou fisioterapia, como previsto pelo médico no seu processo de recuperação.

A seleção viaja ainda nesta segunda-feira para Moscou, com decolagem prevista para 14h30 (horário de Brasília). A equipe treina às 11h30 de terça no Spartak Stadium, local do confronto no dia seguinte com a Sérvia, pela rodada final do Grupo E da Copa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.