Danilo ignora vantagem são-paulina contra mexicanos

O elenco do São Paulo garante que não vai se acomodar com a vantagem conquistada no México - vitória por 1 a 0 - e vai tentar impor seu estilo contra o Chivas, na quarta-feira, no Morumbi, para se classificar à final da Copa Libertadores. ?A verdade é que quem entra para empatar, perde?, afirmou o meia Danilo. ?Para nós, o jogo começa do zero. Precisamos buscar o ataque desde o início, porque um gol vai tornar tudo mais fácil.? O fator que mais anima Danilo para o duelo contra os mexicanos é a ótima apresentação da equipe, no primeiro confronto, em Guadalajara. ?Foi um dos melhores jogos do São Paulo neste ano?, comentou. ?Todos fizeram sua parte, o time estava bem posicionado e não deu espaço para o Chivas, principalmente no primeiro tempo.? Artilheiro do São Paulo em 2005 com 12 gols marcados, Danilo afirma que a derrota dos reservas para o Santos, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro, em nada vai atrapalhar o ânimo do time. ?Com todo respeito a quem jogou no domingo, são jogos diferentes e competições diferentes?, comparou. ?O que vai fazer a diferença é o futebol que mostrarmos?, comentou. ?Se jogarmos da mesma forma que no México, nossa chance de classificação é bem maior.?

Agencia Estado,

31 Julho 2006 | 20h16

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.