Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Danilo, Jorge Henrique e Dentinho no ataque do Corinthians contra o Vasco

Tite escala equipe ofensiva para vencer o adversário carioca no Pacaembu, domingo, às 17 horas

Rafael Vergueiro, estadão.com.br

26 de novembro de 2010 | 19h07

SÃO PAULO - O Corinthians está praticamente definido para enfrentar o Vasco no próximo domingo, às 17 horas no Pacaembu, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A principal alteração é a provável entrada de Danilo no lugar de Elias, suspenso. No ataque, com Ronaldo machucado, Dentinho deve atuar ao lado de Jorge Henrique, que assim como Bruno César volta à equipe após cumprir suspensão.

Veja também:

linkTite se irrita com declarações de dirigentes do Palmeiras

linkFelipe desfalca Vasco contra Corinthians

linkMano diz que Brasileirão deve ser repensado

No treino desta sexta-feira realizado no CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê, o técnico Tite não fez muito mistério. Escalou o time titular com Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Danilo e Bruno César; Dentinho e Jorge Henrique.

"Temos que aproveitar o grande momento do Danilo, que fez gol no último jogo e está bem. Por isso devemos jogar dessa forma", declarou o treinador.

O Corinthians precisa da vitória diante do Vasco para continuar sonhando com o título do Brasileirão. Se ganhar e contar com um tropeço do Fluminense diante do Palmeiras, no mesmo horário em Barueri, irá para a última rodada dependendo somente de suas próprias forças contra o Goiás em Goiânia para levantar o troféu.

Um problema a menos. Na última quarta-feira, após dividida com Jucilei, Bruno César saiu do treino sentindo fortes dores no joelho esquerdo. No entanto, nesta sexta, mostrou estar recuperado e participou normalmente da atividade no CT junto com o restante do grupo.

Com uma proteção no joelho, treinou até cobranças de falta ao lado de Chicão e Roberto Carlos. Bruno César, que concorre em três categorias (meia esquerda, revelação e craque da galera) para estar entre os melhores do Campeonato Brasileiro no prêmio da CBF, é o artilheiro do corintiano na competição nacional, com 13 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.