Danrlei é suspenso por 1 ano pela CSF

A Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF) condenou o goleiro Danrlei, do Grêmio, a um ano de suspensão e ao pagamento de uma multa de US$ 2 mil. Ele é acusado de agredir o árbitro-assistente Walter Enrique Rial ao final da partida contra o 12 de Octubre, na terça-feira, em Assunção, pela Copa Libertadores da América. A agressão foi relatada na súmula da partida pelo árbitro uruguaio Sergio Komjetán. Segundo ele, o jogador brasileiro desferiu um pontapé na altura do tornozelo do bandeirinha, numa atitude que a cúpula da CSF considerou como sendo ?uma falta grave, que a entidade não pode tolerar?. A punição vale para todas as competições organizadas pela CSF. Isso significa que o jogador está livre para disputar a Copa Sul-Minas e os campeonatos brasileiros. O Grêmio - que perdeu o jogo por 1 a 0 - garante que vai pedir a ?reconsideração? da sentença, já que por se tratar de uma medida administrativa, não cabe recurso.

Agencia Estado,

14 Março 2002 | 20h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.