Dário ainda mais isolado no Vasco

Apesar de ter sido confirmado pela diretoria como técnico do Vasco, até o confronto de domingo contra o arquiinimigo Flamengo, no domingo, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro, Dário Lourenço está cada vez mais isolado no clube. Nesta segunda, o treinador sofreu um novo golpe, já que amigos de Romário espalharam que o artilheiro só voltará atuar após o profissional deixar o cargo.Na semana passada, Romário ignorou Lourenço, folgou, viajou para passar uns dias em sua casa na Região dos Lagos e domingo não atuou. E, nem oficialmente existe uma justificativa para a ausência do atacante na goleada sofrida para o Internacional, no domingo. A presença do artilheiro contra o Flamengo também não está assegurada, já que ele tem proposta para participar de um amistoso na Europa entre a seleção tetracampeã de 1994 e a Romênia, na despedida de Popescu.E a "lei da mordaça" continua no clube. Jogadores e técnicos estão proibidos de falar com os jornalistas, mas o empresário do atacante Alex Dias, João Rodrigues Cocar, deu o tom do clima entre o elenco. "O Alex está muito preocupado. As rodadas passam e as coisas só pioram. E, se continuar assim, o Vasco será um sério candidato ao rebaixamento", frisou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.