Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Dátolo afirma que 'pediu ao Papai Noel' retorno ao Boca Juniors

Mesmo sendo um dos destaques do Atlético-MG na temporada, meia argentino não descarta possibilidade de voltar ao clube do coração

Estadão Conteúdo

25 de dezembro de 2014 | 16h21

Mesmo depois de ser um principais destaques do Atlético-MG no título da Copa do Brasil e cair nas graças da torcida, o meia Jesús Dátolo parece não estar plenamente satisfeito no País. Depois de um ano e meio no clube, o argentino está querendo voltar para casa, mais especificamente para atuar no Boca Juniors. E o desejo é tamanho que ele aproveitou o clima de Natal e pediu ao Papai Noel para que seja realizado.

"Na cartinha para o Papai Noel pedi o retorno ao Boca", brincou o meia em entrevista à Rádio Somos Boca, de Buenos Aires. Torcedor confesso do clube, o argentino nunca escondeu o desejo de um dia voltar a La Bombonera, mas o que surpreendeu foi ter manifestado esta intenção agora, em meio a um momento tão bom no Atlético-MG, seu melhor desde que chegou ao Brasil em 2012 - atuou por um ano e meio no Internacional, sem sucesso.

Mas o próprio Dátolo sabe que será difícil voltar ao Boca Juniors para o início de 2015. Ele tem contrato com o Atlético-MG até o meio do ano e o time mineiro não está disposto a negociar um de seus principais destaques, a não ser por uma grande quantia, que o clube argentino não parece dispor.

"Não é impossível, mas é difícil. Ainda me faltam seis meses de contrato, teriam que dar muitas coisas. Não está próximo, mas eu gostaria de voltar a vestir a camisa azul e ouro e jogar como torcedor. É sempre lindo que o maior clube me queira", disse o meia.

Mesmo que não aconteça agora, Dátolo quer que o retorno ocorra em breve, uma vez que já está com 30 anos. "Para voltar mal fisicamente e ser negociado de volta, não vou. Me restam seis meses de contrato e quero ganhar títulos com o clube. O Boca merece o melhor."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.