Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

David Beckham diz que Inter Miami teria interesse em contratar Messi, Cristiano e Neymar

Dono do clube da MLS, ídolo inglês diz que seu time é um bom destino para quando os dias de glória na Europa acabarem

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2021 | 17h40

Desde que se aposentou, em 2014, David Beckham tem se mostrado bem agitado nos bastidores do futebol. Ídolo do Manchester United e da seleção da Inglaterra, hoje ele é um dos donos do Inter Miami, time de futebol da MLS, a liga de futebol dos Estados Unidos. Em recente entrevista, o ex-jogador contou que uma de suas metas é trazer nomes como Neymar, Messi ou Cristiano Ronaldo para defender sua equipe.

Em depoimento à ESPN americana, o ex-meio campo declarou que jogadores de alto nível como os citados serão atraídos a jogar pelo Inter Miami assim que seus dias de glória na Europa terminarem. Da relação, Neymar é o mais jovem, com 29 anos. Já Cristiano Ronaldo, de 36, e Lionel Messi, de 33, estão há mais tempo no velho continente e já fizeram história jogando por lá.

"Quando nós anunciamos o Miami, sempre tiveram conversas sobre quais jogadores nós iríamos estar dispostos a trazer, fosse Ronaldo, Messi ou Neymar", declarou Beckham. "Sempre haverá este tipo de discussão. Eu atualmente não penso que será dureza para os jogadores decidirem, para ser honesto, porque temos um ótimo lugar."

E, de fato, o Inter Miami já se mostrou forte no mercado até então mais discreto dos Estados Unidos. O time da Flórida tem em seu elenco nomes conhecidos mundialmente, como o argentino Gonzalo Higuain, o francês e campeão do mundo Blaise Matuidi, e o mexicano Rodolfo Pizarro. Entretanto, na última temporada, o clube ficou apenas na 10ª colocação da Conferência Leste, ficando de fora da primeira rodada dos playoffs em um torneio marcado pela pandemia do novo coronavírus.

Assim que se aposentou, Beckham exerceu seu poder de compra do Inter Miami em 2014. Quatro anos depois, assumiu de fato a direção da equipe norte-americana, junto a seus sócios. Segundo o dirigente inglês, um clube reerguido na Flórida tem extremo potencial de atrair estrelas globais que procuram por novos desafios.

"Obviamente, é uma cidade incrível", elogiou Beckham. "Eu sinto que temos uma grande torcida, mas eu também entendo que tem um grande talento em Miami e no sul da Flórida, e eu acho que temos uma oportunidade real aqui. Miami é uma cidade que naturalmente atrai jogadores que são grandes estrelas na Europa", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.