Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

David Braz e Ricardo Oliveira treinam com bola e ficam mais perto de retorno

Jogadores trabalham normalmente, mas não devem enfrentar a Ferroviária

O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2017 | 19h34

Um dia depois de ser derrotado pelo São Paulo em casa, o torcedor do Santos teve motivos para comemorar nesta quinta-feira. O zagueiro David Braz e o atacante Ricardo Oliveira treinaram com bola, sem limitações, e mostraram que estão perto de estrear nesta temporada.

David Braz se recupera de um estiramento na panturrilha direita sofrido ainda na pré-temporada, enquanto Ricardo Oliveira perdeu boa parte dos treinos de início de ano por causa de uma caxumba e ainda luta para recuperar a melhor forma física. Nesta quinta, no entanto, ambos participaram do treino tático para os reservas realizado no CT Rei Pelé.

Os dois jogadores foram a campo e trabalharam normalmente ao lado dos colegas. Por conta do longo período afastado, no entanto, a tendência é de que ainda não retornem para o confronto diante da Ferroviária neste sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

Além das presenças de David Braz e Ricardo Oliveira, a quinta-feira do Santos também foi marcada pelas explicações para a derrota de quarta diante do São Paulo, em plena Vila Belmiro. Autor do único gol da equipe na queda por 3 a 1, Copete admitiu certa "falta de concentração" dos jogadores.

"Ontem, todos pensavam diferente do que aconteceu no jogo. Para mim, não tivemos concentração para fazer o que vínhamos fazendo. Foi assim que perdemos o jogo. Não podemos perder a concentração. Temos pouco tempo, mas somos um time grande, forte, e temos cabeça boa para fortalecer e seguir à frente", disse, já mirando o confronto do fim de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.