David Villa deixa hospital cinco dias após cirurgia

O atacante espanhol David Villa deixou na tarde deste sábado o hospital em Barcelona, cinco dias depois de passar por uma cirurgia para corrigir uma fratura na perna esquerda. Assim, ele poderá passar o Natal com a família, mas já deve começar o trabalho de recuperação na segunda-feira.

AE, Agência Estado

24 de dezembro de 2011 | 15h48

David Villa sofreu a grave lesão no dia 15 de dezembro, durante a semifinal do Mundial de Clubes, quando o Barcelona venceu o Al-Sadd, do Catar. Por causa da contusão, ele deixou imediatamente a delegação no Japão e voltou para a Espanha, onde acabou sendo operado na última segunda-feira.

Mesmo sem contar com David Villa, o Barcelona ganhou fácil do Santos na final do último domingo, em Yokohama, no Japão, e conquistou o título do Mundial. Os jogadores do clube espanhol dedicaram o troféu para o companheiro machucado e, quando voltaram para a Espanha, foram visitá-lo no hospital.

Segundo os médicos que realizaram a cirurgia, David Villa deve ficar de quatro a cinco meses afastado do futebol. Assim, ele perderá o restante da temporada do Barcelona e corre risco de também desfalcar a seleção espanhola na disputa da Eurocopa, a partir do dia 8 de junho, na Polônia e na Ucrânia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonaDavid Villa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.