Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

De desconhecido a líder: Bruno Alves vive ascensão no São Paulo

Contratado em 2017, zagueiro se tornou um dos líderes do elenco e teve contrato renovado até o meio de 2023

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2019 | 04h30

Contratado no segundo semestre de 2017, Bruno Alves superou a desconfinça da torcida e hoje é um dos líderes do elenco do São Paulo. Em alta, o zagueiro de 28 anos teve seu contrato renovado até o meio de 2023 na última terça-feira - o antigo vínculo ia até o fim de 2020.

A chegada de Bruno Alves ao clube tricolor surpreendeu. No meio de 2017, ele estava livre no mercado após ter rescindido com o Figueirense e foi contrato com o aval do então técnico Dorival Júnior. Nos primeiros meses, o zagueiro teve dificuldades para se adaptar e foi pouco utilizado, tendo atuado apenas em quatro jogos.

Em 2018, porém, Bruno Alves começou a ganhar seu espaço. Terminou a temporada como o zagueiro que mais atuou, com 41 partidas. Por conta do desempenho, ele recebeu um aumento salarial.

A ascensão continuou nesta temporada. Após ter começado como reserva de Arboleda e Anderson Martins, Bruno Alves virou titular e já participou de 23 jogos. Foi eleito como um dos melhores zagueiros do Paulistão na votação realizada pela Federação Paulista de Futebol.

A liderança de Bruno Alves foi exaltada pelo próprio clube depois da derrota para o Corinthians na decisão do estadual. Em vídeo divulgado pela São Paulo TV, o zagueiro aparece pedindo para Reinaldo ficar de pé e falando para Igor Gomes levantar a cabeça: "caímos de pé, não abaixa essa cabeça", disse o defensor ao meia de 20 anos.

"Bravura, espírito coletivo e respeito: é esse tipo de atitude que diferencia o São Paulo. É uma honra que você vista nossa camisa e represente de forma tão literal o que é ser são-paulino, Bruno Alves", escreveu o clube ao divulgar o vídeo.

Neste domingo, Bruno Alves tem a missão de parar o melhor ataque do Brasil entre os times da Série A. O Bahia já marcou 57 vezes em 2019, e será o adversário do São Paulo às 11h, no Morumbi, pela quinta rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.