Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

De férias, Abel Braga vê volta para o Inter como 'praticamente certa'

Treinador ainda revela contato logo após a demissão de Dunga

O Estado de S.Paulo,

27 de outubro de 2013 | 17h39

SÃO PAULO - Sem trabalhar desde sua saída do Fluminense, o técnico Abel Braga está muito perto de ser o treinador do Internacional em 2014, pelo menos nas palavras do próprio Abel. De férias no Rio de Janeiro após uma viagem com a família pela Europa, o campeão mundial com a equipe colorada em 2006 afirmou para a Rádio Guaíba que o seu retorno para a equipe que treinou entre 2006 e 2008 está "praticamente certo". "Não terá empecilho. Descansei o que precisava descansar. Agora vou tocar. Tenho que começar a programar o próximo ano a partir de novembro", afirmou o treinador.

Campeão brasileiro com o Fluminense em 2012, Abel não trabalha desde julho, quando uma sequência de cinco derrotas custaram o seu emprego na equipe tricolor. Apesar do longo período sem emprego, o técnico afirmou que se recusou negociar com o Internacional logo depois da demissão de Dunga, no início de outubro, por causa de motivos familiares. Mesmo assim,  nada o impede de acertar para o próximo ano.

"Depois que o Dunga saiu, fui procurado e disse que não pegaria no momento. Disse que era um direito que tinha dado a mim e minha família. Mas tudo que se trata de Inter tem um significado diferente. O Inter me deu uma chance sem ter três anos de carreira. Um dos princípios básicos na minha vida é gratidão. Não existe negativa para o Internacional", concluiu o treinador. Clemer, atual comandante do Internacional, deve seguir no clube, servindo como um elo entre os jogadores e a comissão técnica. Até o momento, o ex-goleiro tem duas vitórias, três empates e duas derrotas no comando da equipe colorada.

Tudo o que sabemos sobre:
brasileirãofutebolinterabel braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.