De novo, saída de Robinho é desmentida

A abertura de uma vaga para jogador extra-comunitário a partir da naturalização do brasileiro Roberto Carlos reacendeu os comentários em Santos (SP) de uma possível saída antecipada de Robinho para o Real Madrid. Esse fato, porém, mais uma vez foi prontamente desmentido. "Essas notícias surgem, mas nunca chegam à diretoria", comentou o vice-presidente Norberto Moreira da Silva. Para ele, "esse tipo de coisa está irritando muito o presidente Marcelo Teixeira e acredito que parta de alguém interessado em vender o atleta". Sem citar nome, estava se referindo ao procurador de Robinho, Wagner Ribeiro. E repetiu mais uma vez as palavras do presidente do clube: "não há possibilidade de Robinho sair no primeiro semestre".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.