Bruno Haddad/ Cruzeiro
Bruno Haddad/ Cruzeiro

De olho em retomada de treinos, Cruzeiro faz exames para covid-19 em jogadores

De acordo com o clube, não foi constatado nenhum resultado positivo

Redação, Estadao Conteudo

18 de maio de 2020 | 19h40

De olho na retomada dos treinos, o Cruzeiro promoveu nesta segunda-feira uma nova bateria de testes para covid-19. Desta vez, foram os jogadores e outros integrantes do departamento de futebol que foram submetidos aos exames. Os testes começaram na sexta-feira, com funcionários de diversos setores. De acordo com o clube, não foi constatado nenhum resultado positivo.

"Complementamos os testes em atletas e funcionários da comissão técnica. Tivemos duas tendas, sendo uma para a realização do exame nasal e outra para a coleta de sangue. Ou seja, nos cercamos por todos os lados para reduzir ao máximo as possibilidades de contágio da doença", disse Sérgio Campolina, chefe do departamento médico do clube.

Segundo ele, os resultados sairão em até 24 horas. No total, 42 pessoas passaram pelo teste nesta segunda. Uma delas foi o zagueiro Léo, uma das lideranças do time. "Hoje tivemos a oportunidade de fazer alguns exames para que possamos voltar o mais rápido possível", comentou.

"O clube está tomando todas as providências para que a gente consiga retomar as atividades de forma responsável. Sabemos que é um momento complicado, mas esperamos que com todas as precauções a gente consiga voltar a fazer o que gostamos e que precisamos", declarou o jogador.

Ao mesmo tempo que em promove testes para o novo coronavírus nos jogadores e demais funcionários, o clube disse ter reforçado a higienização das dependências do clube para permitir o retorno dos jogadores ao Centro de Treinamento.

Cumprindo estas exigências, que constam em protocolo elaborado pela prefeitura de Belo Horizonte, o clube acredita que o elenco poderá retornar aos treinos ainda nesta semana. O grupo não trabalha junto desde 17 de março, quando os jogadores foram liberados do CTs e passaram a treinar em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.