De olho em uma vaga na Copa Libertadores, Botafogo duela contra o Figueirense

Sassá é a grande aposta dos cariocas para vencerem em Santa Catarina

Thiago Rabelo, especial para o Estado, Estadão Conteúdo

09 Outubro 2016 | 08h20

Com ânimo novo pelo acréscimo de vagas para a Copa Libertadores, o Botafogo busca a vitória contra o Figueirense, neste domingo, às 17 horas, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Após passar boa parte do Campeonato Brasileiro com o discurso de fugir do rebaixamento, os cariocas vivem novo momento e começam a sonhar mais alto nesta 29.ª rodada.

A nova decisão da Conmebol decidiu dar sete vagas ao Brasil para a competição internacional. Além do campeão da Copa do Brasil, os seis melhores do Brasileirão serão pleiteados. Com 41 pontos, o Botafogo tem quatro a menos que o Atlético Paranaense, sexto colocado e equipe que abre a faixa de classificação. No outro extremo, o Figueirense tem 31 pontos e ocupa a 18.ª posição.

Uma das apostas do Botafogo para vencer em Santa Catarina é o atacante Sassá. Ausente dos últimos cinco jogos por lesão muscular, o artilheiro do clube na competição, com 10 gols, está recuperado e volta a formar dupla com Neilton, que assumiu a responsabilidade do comando ofensivo durante o período sem Sassá.

Apesar do Figueirense ter vencido apenas um dos últimos cinco jogos, Neilton lembrou a partida contra o América-MG, lanterna da competição, que venceu o Botafogo por 1 a 0, há duas semanas. "O Figueirense está lá embaixo, mas é um jogo difícil. Nos tropeçamos contra o América e agora que temos de ter mais cuidado. É jogar do mesmo que enfrentamos quem está lá em cima", disse o jogador.

Para o jogo, o técnico Jair Ventura tem apenas uma dúvida. O lateral-esquerdo Diogo Barbosa sente dores no tornozelo e deve ceder lugar para Victor Luís.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.