Athletico/Divulgação
Athletico/Divulgação

De olho na Libertadores, Athletico-PR enfrenta CSA com time alternativo

A prioridade do treinador vai ser o jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Boca Juniors na próxima quarta-feira, em Curitiba

Redação, Estadão Conteúdo

20 de julho de 2019 | 13h55

O Athletico-PR não está preocupado com o Campeonato Brasileiro. Classificado para a semifinal da Copa do Brasil eliminando o Flamengo dentro do Maracanã, o técnico Tiago Nunes escalará um time alternativo para enfrentar o CSA neste sábado, às 19 horas, em Maceió (AL).

A prioridade do treinador vai ser o jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Boca Juniors na próxima quarta-feira, em Curitiba. Os dois times voltam a se enfrentar no dia 31, mas desta vez em Buenos Aires, na Argentina.

O "time alternativo" tem a dura missão de encerrar a irregularidade do Athletico-PR na competição. Com 13 pontos, o clube soma quatro vitórias, cinco derrotas e um empate em 10 jogos.

Da formação que enfrentou o Flamengo, apenas o volante Wellington deve ser titular em Maceió. Ele foi expulso na última rodada da fase de grupo da Libertadores e não pode enfrentar o Boca Juniors. Todo o resto do time vai ganhar um descanso, inclusive o goleiro Santos, que foi decisivo na partida da Copa do Brasil.

O lateral Márcio Azevedo e atacante Rony não poderiam enfrentar o CSA porque estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Eles vão ceder suas vagas para Abner Felipe e Vitinho, respectivamente. O zagueiro Lucas Halter ainda se recupera de dores no músculo da coxa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.