De olho na Liga, Ferguson quer título inglês logo

O Manchester United só precisa de um empate com o Arsenal, neste sábado, para conquistar o tricampeonato inglês, e o técnico Alex Ferguson quer liquidar a fatura logo para poder pensar apenas na decisão da Liga dos Campeões, no dia 27, em Roma, contra o Barcelona.

AE-AP, Agencia Estado

15 de maio de 2009 | 10h10

"Precisamos ganhar o campeonato amanhã (sábado), porque a decisão será 10 dias depois, e temos de nos concentrar em uma coisa de cada vez", afirmou o treinador, que assumiu o posto em 1986 e comandou o time em 10 dos 17 títulos ingleses já conquistados. Nesse período, o Liverpool foi campeão apenas duas vezes, em 1988 e 1990, e o Manchester está a um ponto de alcançá-lo na liderança histórica, com 18 títulos.

Apesar da iminente conquista, Ferguson não quer saber de cantar vitória. "Temos de jogar para vencer, não podemos pensar que o empate nos basta", afirmou. O Manchester tem 86 pontos, contra 80 do Liverpool, que precisa vencer os dois jogos restantes e torcer por duas derrotas do rival.

O zagueiro Rio Ferdinand espera que o time apresente contra o Arsenal a mesma concentração demonstrada nas semifinais da Liga dos Campeões, quando despachou o rival com vitórias por 1 a 0 em casa e 3 a 1 em Londres. "Foram duas de nossas melhores atuações na temporada, e temos de tomar cuidado porque eles virão com tudo para cima", declarou o capitão do time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.