Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians

De olho na seleção brasileira, Pablo quer ficar no Corinthians

Zagueiro lamenta indefinição, mas deixa claro que pretende continuar no time paulista

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2017 | 07h00

 Com o futuro indefinido, o zagueiro Pablo espera que Corinthians e Bordeaux se acertem para que ele permaneça no clube e consiga cumprir suas metas na carreira. Dentre outras, o defensor sonha ser convocado para a seleção brasileira, consolidar seu bom momento e retornar ao futebol europeu, mas para atuar em um grande clube do continente. 

"São metas. Eu faço metas profissionais com o meu empresário e trabalhamos em cima disso. Minha ideia é essa", disse o zagueiro, ao ser questionado se ser convocado para a seleção e depois ir jogar em um grande clube da Europa estaria em seus planos. 

Apesar da meta bem clara, a situação de Pablo é delicada, pois não depende apenas dele. O Corinthians fez uma proposta para pagar os 3 milhões de euros (R$ 11 milhões) pedidos pelo Bordeaux de forma parcelada e aguarda pela resposta dos franceses. 

O time brasileiro tem exclusividade na negociação até o fim do mês. Em julho, se algum outro clube fizer proposta pode levar o jogador, caso o Corinthians não consiga pagar os R$ 11 milhões.

"Não depende só de mim e tem tudo para acontecer. Se fosse só da minha parte, seria tudo mais fácil, mas tem a do Bordeaux também. Acredito que tem tudo para dar certo. Tenho alguns projetos profissionais e espero que tudo se encaminhe como pensa meu empresário, minha esposa e eu."

O Corinthians ainda não chamou Pablo para conversar em relação a salário ou tempo de contrato, mas isso deve ter um dos pontos mais fáceis para ser solucionados. Sem saber seu futuro, Pablo tenta esquecer o extra-campo para manter o foco na boa fase da equipe.

Curiosamente, o companheiro de Pablo também pode sair ou auxiliar para que ele fique. Balbuena está nos planos do Genoa e da Lazio e deve receber ofertas concretas na abertura da janela de transferência. Caso seja negociado, o dinheiro deverá ser utilizado para comprar Pablo. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.