De olho na taça, Cruzeiro arma defesa

O Cruzeiro entra em campo com três zagueiros no jogo decisivo da Copa Sul-Minas com o Atlético-PR, domingo, em Belo Horizonte. O técnico Marco Aurélio optou por manter na equipe o reserva Marcelo Batatais, um dos melhores do Cruzeiro na vitória por 2 a 1 no primeiro jogo, em Curitiba, embora Cris, que não jogou por cumprir suspensão, esteja em condições. A trinca da zaga será completa por Luisão.Apesar dos três zagueiros e do esquema 3-5-2, que deve predominar, o treinador nega que a intenção seja atuar defensivamente, já que os mineiros têm a vantagem do empate para conquistar o bicampeonato da Sul-Minas. De acordo com Marco Aurélio, no primeiro confronto o Cruzeiro também alternou o 4-4-2 com o 3-5-2 no decorrer da partida - em determinado momento, o meia Fernando Miguel recuou para a defesa - e saiu com os três pontos."Vamos jogar da mesma maneira, marcando bem e procurando o gol", disse. Sem poder contar com o volante Ricardinho, o lateral Maicon e o armador Vander, suspensos, o técnico já definiu os substitutos: no meio, entra Jorge Wagner, que forma o setor com Fernando Miguel e Jussiê e, na lateral direita, Ruy é o escolhido. Jefferson, no gol, Sorín, na lateral esquerda, e Edílson e Fábio Júnior, no ataque, completam o time.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.