De olho no G-4, Grêmio promete atacar o Fluminense

O Grêmio considera as duas partidas que fará longe do Olímpico, contra o Fluminense, nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, e contra o Goiás, na próxima quarta-feira, em Goiânia, como decisivas para suas pretensões no Campeonato Brasileiro.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

28 de outubro de 2010 | 08h13

Invicto há nove jogos, mas em oitavo lugar na classificação, com 47 pontos, o time gaúcho

precisa das duas vitórias para entrar de vez na briga por, pelo menos, uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

Diante da necessidade de seguir ganhando, o técnico Renato Gaúcho promete que o time será ofensivo no Engenhão. Foi assim que o Grêmio surpreendeu o Corinthians, o Avaí, o Atlético Mineiro e o Vitória como visitante.

O treinador não poderá contar com o volante Fábio Rochemback e seu substituto imediato, Adilson, ambos suspensos. O principal candidato à vaga é Ferdinando.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.