Jadson se despede do Corinthians: 'Dois anos de aprendizado'

Meia jogará no Tianjin Quanjian, da China, nesta temporada

Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2016 | 10h33

A saída de Jadson para o Tianjin Quanjian, da China, já estava definida desde o fim do ano passado, mas somente nesta quinta-feira o meia, destaque do título do Corinthians no último Campeonato Brasileiro, se manifestou em tom de despedida. Através das redes sociais, o jogador de 32 anos divulgou mensagem para agradecer o clube e a torcida pelos dois anos que viveu no Parque São Jorge.

"Hoje começa uma nova etapa em minha vida, mas não posso deixar de agradecer um clube como o Sport Club Corinthians Paulista, que me deu a oportunidade de jogar, para um grupo que não tenho palavras para dizer a união que se formou nas horas difíceis e na hora da conquista, e uma comissão técnica que acreditou no meu potencial e fez eu jogar em alto nível novamente", escreveu em sua página no Instagram.

Hoje começa uma nova etapa em minha vida mas não posso deixar de agradecer um clube como o Sport Club Corinthians Paulista que me deu a oportunidade de jogar,para um grupo que não tenho palavras para dizer a união que se formou nas horas difíceis e na hora da conquista e de uma comissão técnica que acreditou no meu potencial e fez eu jogar em alto nível novamente. Foram 2 anos de aprendizado e de entrega,experiência igual a essa de vestir a camisa do TIMÃO com essa torcida apoiando não têm igual,vou levar o carinho e o calor dessa torcida para o resto da minha vida!!! Estou partindo para uma nova etapa,mas saio com a cabeça erguida e com a consciência tranquila do dever cumprido,a sdd vai bater mas estarei agora na torcida junto com os 30.000.000 de loucos para que o Timão conquiste mais títulos. OBRIGADO TITE,COMISSÃO,GRUPO,TORCIDA FIEL...

Uma foto publicada por Magic Jadson (@magicjadson) em

Jadson chegou ao Corinthians em fevereiro de 2014, na troca que levou Alexandre Pato ao São Paulo. Depois de altos e baixos em seu primeiro ano pelo clube, recusou uma proposta do futebol chinês no início de 2015 para permanecer e, então, viveu uma de suas melhores temporadas na carreira. No Campeonato Brasileiro, mostrou-se extremamente decisivo, marcando 13 gols e dando 12 assistências.

"Foram dois anos de aprendizado e de entrega. Experiência igual a essa de vestir a camisa do Timão com essa torcida apoiando, não têm igual. Vou levar o carinho e o calor dessa torcida para o resto da minha vida!!! Estou partindo para uma nova etapa, mas saio com a cabeça erguida e com a consciência tranquila do dever cumprido. A saudade vai bater, mas estarei agora na torcida junto com os 30.000.000 de loucos para que o Timão conquiste mais títulos", disse.

O jogador ainda fez questão de deixar um agradecimento especial a Tite, que o incentivou a permanecer no Corinthians em 2015 e com quem viveu talvez sua melhor fase na carreira. "Obrigado Tite, comissão, grupo, torcida fiel...", encerrou.


Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansJadson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.