Rui Vieira / AP
Rui Vieira / AP

De saída do Arsenal, meia Willian entra na mira do Corinthians; entenda

Com passagens pela seleção brasileira, jogador de 33 anos deve deixar o time londrino após duas temporadas. Negociação não é considerada simples pela diretoria do time paulista pelo prazo e custo

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2021 | 10h34

Após reforçar o elenco com as chegadas de Giuliano e Renato Augusto, o Corinthians mira a contratação do meia Willian. O jogador de 33 anos está de saída do Arsenal e um retorno ao clube onde foi revelado não está descartado. O negócio, entretanto, não é considerado fácil pela diretoria corinthiana e representantes do atleta. Um dos fatores é o pouco tempo para a negociação, já que a janela de transferências para o futebol brasileiro fecha na segunda-feira, dia 30. 

Outro complicador é a questão financeira. Com dívidas que chegam a quase R$ 1 bilhão, o Corinthians precisa adequar sua folha salarial para reforçar a equipe sem comprometer ainda mais os cofres. Uma possibilidade é o empréstimo do meia com o time londrino pagando metade do salário. O brasileiro possui vínculo até 2023 com os ingleses e ganha cerca de R$ 700 mil por semana, valor totalmente fora da realidade da equipe paulista. Isso equivale a R$ 2,8 milhões por mês. 

Em contrapartida, o Arsenal também estuda liberar Willian sem custos para assinar com outra equipe. Descontente com o projeto esportivo do clube, o meia expôs ao coordenador técnico Edu Gaspar, ex-gerente de futebol do Corinthians e com quem trabalhou na seleção brasileira, seu desejo de sair. Ele chegou em 2020, após atuar durante sete temporadas no rival Chelsea.

O meia não foi relacionado para os últimos jogos dos Gunners, como é conhecido o Arsenal, e o clube já não conta mais com o jogador para a temporada 2021-2022. Segundo o jornalista Fabrizio Romano, especialista no mercado de transferências, o Corinthians fez uma proposta nesta segunda-feira e aguarda uma resposta positiva para concluir o negócio. Conversas sobre salários seguem em andamento entre o clube e o estafe do atleta. 

Um dos trunfos do Corinthians na negociação é a boa relação com interlocutores do jogador. O brasileiro é agenciado por Kia Joorabchian, ex-parceiro do clube e sócio da antiga MSI, responsável por montar o time campeão brasileiro de 2005. O empresário já foi consultado pela diretoria do clube sobre as condições do jogador. 

Formado na base da equipe alvinegra, Willian nunca escondeu a vontade de voltar a atuar pelo time do coração. Pelo Corinthians, foram 41 jogos em pouco mais de um ano, antes de ser negociado com o Shakhtar Donetsk, em 2007. No domingo, o meia publicou uma foto de quando era criança, vestindo a camisa do time paulista. 

No entanto, pessoas próximas acreditam que o jogador tem potencial para seguir atuando na Europa. Com passagens pela seleção brasileira, ele vive há quase 15 anos no velho continente e possui negócios na Inglaterra, onde mora com a família.  

Além da possível chegada de Willian, o Corinthians está próximo de anunciar a contratação do atacante Róger Guedes. Com passagens por Palmeiras e Atlético-MG, o jogador rescindiu seu contrato com o Shandong Taishan, que ia até 2022, e está livre para assinar com time brasileiro e fechar o pacotão de reforços do clube. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.