De técnico novo, lanterna segura Bayer Leverkusen

Durante a semana, a Greuther Fürth resolveu finalmente demitir o técnico Michael Buskens, comandante de uma campanha de apenas duas vitórias em 22 rodadas. De acordo com a diretoria, o treinador, responsável pela volta do time à primeira divisão, foi demitido porque o clube precisava de uma nova esperança. E ela veio neste domingo, quando o lanterna do Campeonato Alemão segurou um empate em 0 a 0 com o Bayer Leverkusen, em casa.

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2013 | 15h34

Com o empate, o Greuther Furth chegou a 13 pontos, mas segue longe de conseguir escapar da zona de rebaixamento, que engloba três times. Atualmente, tem 14 pontos de desvantagem a tirar. A meta, então, é ganhar duas posições, subir para o 16.º lugar, e participar do playoff contra o terceiro colocado da segunda divisão para permanecer na elite, que não jogava desde o pré-guerra.

Já o Bayer Leverkusen perdeu ótima chance de reassumir a segunda colocação. Isso porque mais cedo, também pela 23.ª rodada do Alemão, o Borussia Dortmund empatou com o de Mönchengladbach, em 1 a 1, fora de casa. Götze abriu o placar de pênalti e Younes deixou tudo igual.

Agora a briga pelo segundo lugar tem o Borussia Dortmund com 43 pontos e o Bayer Leverkusen, logo atrás, com 42. O Bayern de Munique comemora, uma vez que já tem 60, com folga de 17 na liderança. Se continuar assim, depende só de si para ser campeão com cinco rodadas de antecedência. Na quarta, Bayer e Borussia se enfrentam pelas quartas de final da Copa da Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.