De virada, Atlético-MG derrota Tupi pelo Mineiro

O Atlético Mineiro sofreu mais uma vez, mas conseguiu obter sua segunda vitória no Estadual. Jogando na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o time de Dorival Júnior bateu o Tupi, de virada, por 4 a 1. Neto Berola e Magno Alves, com dois gols cada, foram os destaques da partida.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2011 | 19h49

A vitória deixou o Atlético com seis pontos, na liderança provisória da tabela. Já o Tupi segue com apenas um ponto, do empate com o Villa Nova na estreia, na décima colocação, logo à frente de Caldense e Ipatinga.

Mostrando forte ritmo, o Atlético começou a partida dando trabalho para o goleiro Rodrigo. Foram três boas chances de gol em menos de 10 minutos. O Tupi, porém, se segurou bem na defesa e marcou o primeiro gol da partida. Aos 28 minutos, Michel Curi bateu firme de canhota e abriu o placar.

A virada do Atlético só veio no segundo tempo. Mais ofensivo, o time de Dorival empatou o jogo logo aos 50 segundos. Neto Berola finalizou dentro da área e contou com um desvio na zaga para vencer o goleiro. Magno Alves marcou o segundo gol, aos 5 minutos, ao aproveitar vacilo da defesa.

Melhor em campo, o Atlético sofreu um revés aos 12 minutos, quando Richarlyson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo - desfalcará o time no clássico com o Cruzeiro, na próxima rodada.

Mas, mesmo em desvantagem numérica, o Atlético marcou mais dois gols. Magno Alves marcou o terceiro, após assistência de Neto Berola, aos 21 minutos. O mesmo Neto Berola selou a vitória ao marcar o quarto gol, em jogada individual.

Na próxima rodada, o Atlético fará o clássico mineiro com o Cruzeiro, no sábado, novamente em Sete Lagoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.