Fábio Castro/Divulgação
Fábio Castro/Divulgação

De virada, Botafogo vence Fluminense por 2 a 1 no Campeonato Brasileiro

Time alvinegro torce contra São Paulo e Vasco para terminar 1.º turno em terceiro lugar na tabela

Leonardo Maia, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 20h16

RIO - Na metade do Campeonato Brasileiro, o clássico entre Botafogo e Fluminense mostrou neste sábado porque o time alvinegro faz ótima campanha e os tricolores sofrem para conseguir estabilidade. A equipe de Caio Júnior conquistou a vitória por 2 a 1, de virada, graças ao brilho de Elkeson e ao trabalho coletivo.

O Fluminense do técnico Abel Braga é um time que depende muito de lances de bola parada, ao qual falta fluência com ela nos pés. São dez derrotas em 19 jogos e nenhuma vitória nos clássicos estaduais este ano.

Com 34 pontos, o Botafogo torce contra São Paulo e Vasco para terminar o primeiro turno em terceiro lugar na tabela. O atual campeão Fluminense faz campanha mais modesta. Ocupa apenas a 10.ª posição provisória, com 25 pontos.

"Para nós foi uma final de campeonato. Sabíamos que uma vitória nos distanciaria do Fluminense. O grupo está focado e todo mundo está de parabéns", vibrou Elkeson, um dos destaques do Botafogo neste Brasileirão.

O equilíbrio marcou a primeira etapa. O time de Caio Júnior ameaçou tomar o controle das ações, quando Elkeson e Maicosuel impuseram velocidade. A resposta tricolor só veio quando o jovem Lanzini apareceu bem e começou a dar movimentação ao time.

A melhor chance da etapa caiu aos pés de Fred, depois de ótimo passe de Lanzini. Mas o atacante não dominou bem e deu tempo de Jefferson sair para abafar. "O botafogo começou melhor, mas depois igualamos e tivemos chances", analisou Carlinhos.

O jogo esquentou de tal forma no segundo tempo que os gols saíram em sucessão. Aos 10, Fred cabeceou para as redes após cobrança da escanteio. Mas a vantagem se evaporou em menos de um minuto. Na saída de bola, Márcio Rosário falhou, Elkeson arrancou e chutou de esquerda para empatar. Foi seu oitavo gol neste Brasileirão.

Aos 18, um lance coletivo. Jefferson repôs a bola nos pés de Loco Abreu, que arrancou com o Fluminense todo no ataque e esperou momento certo para tocar para Lucas. O lateral acertou ótimo chute de curva e venceu Diego Cavalieri.

Animado pelo ótimo primeiro turno, o Botafogo abre o segundo contra o Palmeiras, no Rio, na quarta-feira, às 21h50, enquanto o atual campeão brasileiro espera por tempos melhores na partida contra o São Paulo, fora de casa, no mesmo dia e horário.

FLUMINENSE 1 X 2 BOTAFOGO

FLUMINENSE -  Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diogo (Martinuccio), Souza (Ciro) e Lanzini; Rafael Moura e Fred. Técnico: Abel Braga.

BOTAFOGO - Jefferson; Lucas; Antônio Carlos (Gustavo), Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel (Cidinho); Herrera (Felipe Menezes) e Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior.

Gols - Fred, aos 10, Elkeson, aos 11, e Lucas, aos 18 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos - Márcio Rosário, Fred, Edinho, Rafael Moura.

Árbitro - Felipe Gomes da Silva (RJ).

Renda - R$ 437.000,00.

Público - 17.627 pagantes (22.762 no total).

Local - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.