De virada, Paraná bate Criciúma por 2 a 1

Com méritos pela aplicação tática e a constante convicção, o Paraná Clube derrotou neste sábado, de virada, o Criciúma por 2 a 1, em partida realizada no estádio da Ressacada, em Florianópolis, local escolhido pela equipe catarinense para cumprir perda de mando de campo. Agora com 61 pontos, o time paranaense, que na próxima rodada vai enfrentar o líder Cruzeiro, em casa, permanece na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem.Sem seis titulares, o Criciúma iniciou a partida com disposição e um certo domínio que durou pouco mais de 10 minutos. Passada a empolgação da equipe catarinense, o Paraná Clube equilibrou o confronto diminuindo os erros de passes e de marcação, mas logo ficou em desvantagem no placar. Aos 16 minutos, uma bela cobrança de falta efetuada pelo atacante Dejair pôs o Criciúma à frente.O gol motivou ainda mais o Criciúma que desperdiçou pelo menos duas importantes oportunidades no decorrer do período, sendo uma delas com o meia Douglas e outra por Dejair, que de cabeça, exigiu belíssima defesa do goleiro Darci.A displicência de Fabiano gerou o gol de empate do Paraná aos 42. O goleiro interceptou uma cobrança de escanteio e na reposição, deixou a bola escapar das mãos. Oportunista, o zagueiro Ageu, quase caído, conseguiu tocar para o fundo da rede.Sem inspiração, o Criciúma foi aparentemente dominado nos primeiros minutos do segundo tempo, sucumbindo à boa marcação paranista. Com um futebol cadenciado, dinâmico e de jogadas inteligentes, o tricolor aproveitou-se da fragilidade física do adversário e virou o placar aos 24 minutos, em cobrança de pênalti efetuada pelo artilheiro da equipe Renaldo. Foi o seu 27º gol no Campeonato Brasileiro.No restante da partida, foram raras as iniciativas de reação da equipe catarinense. Mantendo boa postura, o time de Curitiba pouco foi ameaçado até consolidar a 17ª vitória na competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.