De virada, Paulista vence na Série B

O Paulista venceu o Joinville, por 3 a 1, neste domingo à tarde, no Estádio Jaime Cintra, numa bela virada conquistada no segundo tempo. Esta foi a primeira vitória do vice-campeão paulista no Campeonato Brasileiro da Série B, que soma agora quatro pontos. O time catarinense perdeu seus dois jogos e ainda não somou ponto. O vice-campeão paulista havia empatado em 0 a 0 contra o Santo André e o Joinville tinha perdido em casa por 4 a 1 para o Santa Cruz-PE, em suas estréias. O Paulista não jogava em seu estádio desde o dia 20 de março, quando venceu a Ponte Preta por 4 a 3 pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista. Por causa da incidentes envolvendo as torcidas, o time disputou as fases semifinais e finais do Paulista fora de Jundiaí. O Paulista foi logo procurando o gol, mas faltou o entrosamento que o levou à disputa do título paulista contra o São Caetano.Aos 10 minutos, Fábio Mello chutou forte uma falta em jogada ensaiada e assustou o goleiro Marcelo Flores. O Joinville tentou se aproveitar do espaço deixado pelo Paulista, mas não conseguiu armar um contra-ataque que levasse perigo à defesa de Jundiaí. Aos 20 minutos, o time de Santa Catarina deu o primeiro chute que levou perigo ao goleiro Rafael. Espíndola entrou livre pela direita e bateu cruzado. Rafael pegou firme. O atacante Maurício perturbou a defesa local, chegando a criar algumas jogadas de perigo. Aos 30 minutos, o atacante João Paulo teve a grande chance para abrir o marcador para o Paulista. Ele chutou forte, após passe de Davi, e o goleiro jogou para escanteio. A partir daí, o Joinville tomou conta do jogo e passou a pressionar. Espíndola e Maurício trocaram bola envolvendo o meio da zaga do time do técnico Zetti. Aos 45 minutos, o Joinville abriu o placar com Maurício. Depois de um cruzamento da direita, o atacante tocou por baixo do goleiro Rafael. Depois de uma conversa com os jogadores, o técnico Zetti exigiu que o time voltasse mais aguerrido. O papo no vestiário parece ter dado certo. Logo aos 6 minutos veio o resultado. Canindé caprichou na cobrança de escanteio e Asprilla desviou de cabeça, empatando a partida: 1 a 1. O jogo ficou mais favorável ao time paulista que passou a tocar melhor e valorizando a posse de bola. Aos 20 minutos o lateral-esquerdo Galego cobrou com falta com muita força. A bola foi no meio do gol e obrigou o goleiro Marcelo Flores a fazer grande defesa, espalmando para escanteio. O restante da partida foi dominado pelo Paulista. O Joinville, aparentemente, estava satisfeito com o resultado. O Paulista buscou a vitória. Aos 36 minutos, numa jogada muito parecida com a do primeiro gol, Canindé cruzou e João Paulo desviou com o pé para fazer o segundo gol do time da casa. Na jogada, o atacante acabou ferindo o supercílio e deixou o campo para a entrada de Mossoró. Deu tempo ainda de marcar mais um gol. O volante Amaral chutou forte da entrada da área e consumou o placar aos 42 minutos. O Paulista volta a campo no próximo domingo, contra o Remo, em Belém-PA. O Joinville vai enfrentar em casa o Anapolina-GO.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.