De virada, Paysandu bate Figueirense e reage na Série B

A mudança de treinador deu resultados no Paysandu. Três dias depois da demissão de Givanildo Oliveira, o time paraense venceu o Figueirense nesta terça-feira à noite, por 2 a 1, no Estádio da Curuzu, em Belém, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Ainda sem um novo treinador, o time da casa foi dirigido pelo interino Rogerinho Gameleira.

AE, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 00h09

O Paysandu não vencia há três jogos e, com o resultado, deixou a zona de rebaixamento, saltando para o 15º lugar, com 12 pontos. Beneficiado por tropeços dos adversários, o Figueirense continuou na quarta colocação, com 19 pontos. No entanto, Paraná (19) e América-MG (18) encostaram na tabela.

A partida começou bastante movimentada, com os dois times criando bons lances. Ricardo Bueno arriscou de fora da área e exigiu grande defesa de Marcelo. Depois, Diego Barboza ficou com a sobra e bateu com perigo. Quando o Paysandu era ligeiramente melhor, o Figueirense abriu o placar aos 28 minutos. Janilson saiu jogando errado, Maylson ficou com a bola e cruzou. A zaga se atrapalhou e Tchô só teve o trabalho de completar.

O time paraense sentiu o gol, mas conseguiu empatar aos 40 minutos. Yago Pikachu foi derrubado por Wellington Saci dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Marcelo Nicácio bateu forte, tirando do alcance do goleiro.

Os anfitriões voltaram do intervalo mais animados depois do empate no fim do primeiro tempo. E conseguiram a virada logo aos oito minutos. Janilson desceu pela esquerda e cruzou na cabeça de Marcelo Nicácio, que se antecipou ao zagueiro e deslocou Tiago Volpi.

O Paysandu ainda teve a chance de ampliar com Diego Bispo, mas o goleiro catarinense fez boa defesa. Nos minutos finais, o Figueirense partiu de forma desorganizada para cima do Paysandu e não conseguiu chegar ao empate.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado. O Paysandu enfrenta o Avaí, às 16h20, na Ressacada, em Florianópolis. No mesmo horário, o Figueirense faz o clássico catarinense contra o Joinville, na Arena Joinville.

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 2 x 1 FIGUEIRENSE

PAYSANDU - Marcelo; Yago Pikachu, Raul, Diego Bispo e Janílson (Pablo); Esdras (Vanderson), Zé Antônio, Diego Barboza e Eduardo Ramos; Iarley e Marcelo Nicácio (Careca). Técnico: Rogerinho Gameleira (interino).

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; André Rocha, Thiego (Douglas Marques), Bruno Pires e Wellington Saci; Nem, Dener, Maylson e Tchô (Rafael Costa); Marcelo Toscano (Ricardinho) e Ricardo Bueno. Técnico: Adilson Batista.

GOLS - Tchô, aos 28, e Marcelo Nicácio (pênalti), aos 40 minutos do primeiro tempo. Marcelo Nicácio, aos 8 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Yago Pikachu, Marcelo, Careca e Diego Bispo (Paysandu); Maylson (Figueirense).

ÁRBITRO - Wagner Reway (MT).

RENDA R$ 87.210,00.

PÚBLICO - 3.196 pagantes (4.646 total).

LOCAL - Estádio da Curuzu, em Belém (PA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BFigueirensePaysandu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.