EFE/Julian Smith
EFE/Julian Smith

De volta ao Brasil, Gabriel Jesus diz que fará exames para avaliar fratura

Atacante levou a pior em disputa de bola com Otamendi, seu companheiro de Manchester City, em amistoso na Austrália

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2017 | 08h54

Cortado do próximo amistoso da seleção brasileira após fratura no rosto na derrota diante da Argentina, Gabriel Jesus retornou ao Brasil na noite deste domingo. O jogador do Manchester City mostrou confiança em uma rápida recuperação, mas disse que ainda passará por exames que vão definir a necessidade ou não de cirurgia.

"Eu ainda não sei, vou completar os exames. Eu ainda não sei a gravidade, mas não é nada grave, de se preocupar muito. Agora é completar os exames e ver o que houve mesmo. E recuperar, aproveitar as férias para recuperar. Se tiver que operar, eu vou operar e descansar nas férias para voltar para Manchester 100%", afirmou o atacante ao canal SporTV.

A fratura ocorreu quando Jesus foi atingido pelo zagueiro Otamendi nos minutos finais da derrota do Brasil por 1 a 0 pela Argentina. Otamendi, companheiro de Jesus no Manchester City, causou fratura na região que protege o olho esquerdo. Gabriel Jesus acredita que não houve maldade no lance.

"Nenhuma maldade. Foi um lance muito normal, foi sem querer. Foi um movimento que ele desceu com o braço, normal. Eu subi, infelizmente, a gente se chocou. Mas não houve maldade da parte dele. Ele falou comigo, foi no vestiário, me mandou mensagem. É um cara do bem. No jogo é normal lances acontecerem e não foi nenhuma maldade dele", disse o brasileiro.

O substituto de Gabriel Jesus na partida desta terça-feira diante da Austrália será Diego Souza. Tite não convocará outro jogador para o lugar do atacante do City.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.