Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

De volta ao Brasil, Maicon 'Bolt' garante mesma velocidade no Atlético-MG

Jogador de 27 anos ficou oito temporadas atuando fora do Brasil, entre o futebol russo e turco

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2019 | 22h06

Apresentado oficialmente pelo Atlético Mineiro nesta terça-feira, o atacante Maicon garantiu que voltou ao Brasil com a mesma velocidade que lhe rendeu o apelido de "Bolt". O jogador de 27 anos passou os últimos oito anos atuando fora do País, entre o futebol russo e o turco.

"Vai voltar o mesmo Maicon que saiu, com a mesma vontade, dedicação, buscando sempre ajudar. Aprendi muita cosia taticamente, coisa que não sabia com 18 anos. Volto mais experiente. Agora é adaptar ao estilo do futebol brasileiro, fiquei muito tempo longe. Estar em campo é outra coisa. Sentir o jogo, a parte tática, é isso que preciso me adaptar", declarou o jogador.

Maicon foi formado nas divisões de base do Fluminense e se destacou ao lado de Fred entre 2009 e 2010, quando chamou a atenção do Lokomotiv, que desembolsou cerca de R$ 10 milhões para contratá-lo. Foram sete anos atuando na Rússia antes de se transferir para o Antalyaspor, da Turquia, em 2017.

De volta ao Brasil, ele optou pelo Atlético e fez questão de elogiar a estrutura do clube nesta terça. "Muito feliz de vir para o Atlético. Clube grandioso do futebol brasileiro. A estrutura todos conhecem, é maravilhosa. Estou muito feliz de estar aqui e espero responder à altura, fazer gols, conquistar títulos. Só de ser recebido pelo Marques já é muito importante", disse o atacante, diante de Marques, ídolo atleticano e atual diretor de futebol do clube.

TREINO 

Em atividade intensa realizada nesta terça, o técnico Levir Culpi acelerou a preparação da equipe de olho na abertura da temporada. E contou com dois reforços no treino. O zagueiro Leonardo Silva, totalmente recuperado de lesão, foi liberado pelo departamento médico e treinou normalmente com o restante do grupo. E o meia Vinícius, um dos reforços do clube para 2019, fez a primeira atividade com os demais companheiros.

No decorrer da atividade, o atacante Luan reclamou de dores na região da panturrilha esquerda e até saiu mais cedo do treino. Mas voltou ao treino antes do fim. O clube não se manifestou sobre uma possível lesão do jogador.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Atlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.