Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

De volta ao Corinthians, Fagner diz: 'O grupo não tem vagabundo'

Lateral-direito está recuperado de dores na coxa e enfrentará o Internacional neste domingo

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2019 | 17h39

Recuperado de dores na coxa direita, Fagner voltará a jogar pelo Corinthians neste domingo, contra o Internacional, na Arena em Itaquera, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o lateral-direito deu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava e disse que "grupo não tem vagabundo".

Fagner foi questionado sobre uma polêmica que apareceu nas redes sociais. Quando o Corinthians perdia por 4 a 1 para o Flamengo, derrota que culminou com a queda do técnico Fábio Carille, o lateral-direito e o goleiro Cássio pediram substituição por dores. Na internet, alguns torcedores indicaram que os atletas teriam fingido lesão para derrubar Carille. Fagner rebateu.

"Cara, primeiro que eu sempre fui muito transparente no clube, todo mundo me conhece, conhece meu caráter, o grupo não tem nenhum vagabundo ou mau caráter para derrubar alguém", afirmou Fagner.

"As pessoas são maldosas e na rede social falam o que querem. Eu jamais fingiria uma lesão, jamais deixaria de fazer meu papel no Corinthians com a história que tenho para me poupar de algo. As pessoas falam e atingem meus filhos, minha família, meus amigos. Estou com a consciência tranquila, jamais faria algo que fugisse da minha índole ou que passasse mau exemplo para meus filhos", acrescentou.

Nesta sexta-feira, o Corinthians fez o penúltimo treino antes de encarar o Inter. O meia Mateus Vital participou da atividade após ter sofrido uma pancada no tornozelo direito na última quinta. Ele deve ser o substituto de Pedrinho, que está com a seleção sub-23 no Torneio de Tenerife, na Espanha.

Com isso, uma provável escalação do Corinthians tem: Cássio, Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf; Junior Urso, Mateus Vital, Sornoza e Janderson; Boselli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.