Pedro Vilela/Divulgação
Pedro Vilela/Divulgação

De volta ao Cruzeiro, Ariel Cabral rejeita favoritismo na decisão do Mineiro

Volante minimiza diferença de 11 pontos de vantagem para o rival Atlético-MG

Estadao Conteudo

29 de março de 2018 | 14h18

O Cruzeiro ainda está invicto no Campeonato Mineiro e terminou a primeira fase com 11 pontos a mais do que o Atlético, mas Ariel Cabral descartou que a equipe seja favorita para os duelos válidos pela final com o rival, agendados para o próximo domingo e o dia 8 de abril. Na visão do volante argentino, que exibiu ansiedade para os confrontos, o campeão estadual será definido por detalhes.

+ Mano indica Cruzeiro para a final e aguarda definição jurídica para escalar Léo

"A gente espera esta final desde o começo do ano e estamos trabalhando para isso. Estou de volta, à disposição do Mano. Clássico, temos de ver como será, é bom a gente chegar à final, ainda mais sendo clássico. Para isso, tem de estar atento aos detalhes. Não existe favoritismo em clássico e muito menos em final", declarou o camisa 5 cruzeirense em entrevista coletiva na Toca da Raposa II.

Ariel Cabral cumpriu suspensão no segundo jogo da semifinal do Mineiro entre Cruzeiro e Tupi, mas agora está novamente à disposição do técnico Mano Menezes. O volante argentino assegurou que o time será ofensivo já no duelo do próximo domingo no Independência, quando será visitante, ainda que possua a vantagem de decidir a série contra o Atlético como mandante no Mineirão.

"Sabemos que temos o jogo de volta no Mineirão. Mas sempre vamos jogar buscando o gol, trabalhando os passes. E se ganharmos o primeiro jogo, vai ser melhor ainda. Sempre jogo do mesmo jeito, procurando ser inteligente, sem fazer pressão no juiz. Mas final é diferente, a pulsação vai a mil. E mais uma vez temos de ser inteligentes", finalizou.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro Esporte ClubeAriel Cabral

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.