Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br
Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br

De volta ao time titular do Vasco, Ríos cobra vitória em clássico com o Fla

Equipe está pressionada após série de derrotas e precisa vencer o maior rival para reagir no Brasileirão

Estadão Conteúdo

14 Setembro 2018 | 10h22

Vindo de quatro derrotas consecutivas, o Vasco precisa reagir rapidamente no Brasileirão para sair da zona de rebaixamento. E, para o atacante Andrés Ríos, o time carioca não pode desperdiçar a próxima oportunidade, que será justamente o clássico com o Flamengo, no sábado, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

"É um jogo muito importante, pois perdemos os últimos jogos e precisamos vencer de qualquer forma. A hora de voltar a ganhar é agora, não podemos deixar para fazer isso um pouco mais para frente. Então iremos procurar somar três pontos nesse sábado para iniciar uma sequência positiva dentro do Brasileiro", prega o argentino.

Ríos está voltando ao time titular do Vasco. Seu retorno aconteceu na rodada passada, na derrota para o Vitória. No sábado, deve ganhar nova oportunidade porque Yago Pikachu foi expulso na partida disputada em Salvador e terá que cumprir suspensão automática no fim de semana.

"Estou muito feliz por ter a oportunidade de disputar um jogo contra mais um rival do Vasco. Sabemos que precisamos ganhar e para isso é fundamental fazer gols. Ainda não fiz gol contra o Flamengo, mas vou procurar aproveitar se aparecer a oportunidade. Esse é um momento ideal para marcar pela primeira vez contra eles", afirma o jogador.

Ríos é o atual vice-artilheiro da equipe na temporada, com dez gols, atrás somente de Pikachu. Mas o argentino se tornou o principal goleador da equipe em clássicos neste ano, com três gols.

Já em Brasília, onde desembarcou na quinta, o Vasco vai encerrar a preparação para o jogo contra o Flamengo nesta sexta, no período da tarde, no estádio Bezerrão.

O time cruzmaltino ocupa atualmente o 16º lugar da tabela do Brasileirão, com 24 pontos. Está apenas uma posição acima da zona da degola. Porém, ainda tem um jogo a menos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.