Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

De volta ao time titular, Rhodolfo pede Flamengo focado para vencer clássico

Equipe rubro-negra enfrenta o Fluminense pela Copa Sul-Americana na quarta-feira

Estadão Conteúdo

30 Outubro 2017 | 18h42

Depois do empate sem gols com o Vasco no último sábado e da folga no domingo, os jogadores do Flamengo iniciaram nesta segunda-feira a preparação para mais um clássico carioca - o terceiro no período de sete dias. Nesta quarta, enfrentam o Fluminense, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela rodada de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana.

+ Recuperado de tumor no testículo, Ederson volta a treinar no Flamengo

Mesmo com a vitória por 1 a 0 conquistada no primeiro jogo, na quarta-feira passada, o zagueiro Rhodolfo, que voltou a ser titular com a lesão de Réver, ressalta a necessidade de manter a mesma intensidade das últimas partidas. No confronto, que terá mando de campo rubro-negro, o Flamengo terá a vantagem do empate.

"Temos que impor nosso ritmo de jogo como estamos fazendo. Nessas últimas partidas contra Vasco e Fluminense mostrou que nosso time melhorou muito", comentou Rhodolfo. "A disposição do nosso time na quarta-feira tem que ser ainda maior do que a do jogo passado porque a equipe deles sabe que estamos com 1 a 0 no placar do primeiro jogo. Então eles terão que vir com tudo para buscar o resultado. Nosso time está focado, com muita vontade de vencer e procuraremos botar isso em prática", completou.

A atividade marcou o retorno de Ederson aos trabalhos no CT George Helal, na zona oeste do Rio de Janeiro. Há três meses, o meia foi diagnosticado com um tumor no testículo. Foi submetido à quimioterapia no início de outubro e, encerrado o tratamento, pôde retomar os treinamentos junto aos companheiros de equipe. Rhodolfo celebrou a volta do companheiro.

"Ficamos muito felizes por vê-lo no clube hoje (segunda-feira). Tive a oportunidade de conversar com ele e durante a semana, no aniversário do filho dele. Ele está muito feliz. Estamos passando tranquilidade, tentando conversar bastante com ele porque é um cara que é espetacular, tanto dentro quanto fora de campo e que irá nos ajudar muito com a presença dele aqui", elogiou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.