Luiz Pires/Divulgação - 16/11/2010
Luiz Pires/Divulgação - 16/11/2010

De volta, Fernandinho promete 'seriedade' no São Paulo

Jogador garante que vai encarar com profissionalismo as duas rodadas finais do Brasileirão

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 09h19

Depois de ficar quase um mês se recuperando de uma lesão na perna direita, o atacante Fernandinho foi liberado pelo departamento médico do São Paulo e está à disposição do técnico Paulo César Carpegiani para a partida do próximo domingo, contra o Atlético-GO, no Serra Dourada, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também:

linkCarpegiani arma São Paulo com várias novidades

Apesar de o time do Morumbi não aspirar mais nenhum grande objetivo na competição, o jogador garante que ele e seus companheiros irão encarar com muito profissionalismo as duas rodadas finais do torneio. Depois de encarar o Atlético-GO, em Goiânia, o São Paulo fechará a sua participação no Brasileirão contra o Atlético-MG, no Morumbi, no dia 5 de dezembro.

"Eu tenho certeza que cada jogador vai tratar estes dois jogos com muita seriedade. É final da temporada e depois das férias vai começar outro ano com um planejamento diferente. Todos estão sabendo da importância disso. Eu, particularmente, quero ajudar o São Paulo e começar bem a nova temporada", afirmou Fernandinho, em entrevista publicada pelo site oficial do clube.

O atleta não atua desde o dia 24 de outubro, quando enfrentou o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, e agora espera poder reconquistar um lugar na equipe titular. "Já estou me sentindo bem melhor. Nenhum jogador gosta de ficar machucado e é um prazer voltar a treinar com o grupo. Vou fazer o meu melhor para retornar ao time titular. Tinha esta condição antes de me machucar e quero recuperar este espaço. Vou buscar a melhor condição física para ajudar o São Paulo da melhor maneira possível", disse o jogador, se referindo ao fato de que, antes de se machucar, atuou como titular em quatro partidas seguidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.