Arquivo/AE
Arquivo/AE

De volta, Sérgio Mota espera chances no São Paulo

Depois de ser emprestado ao Toledo, do Paraná, meia de 19 anos quer conquistar a preferência de Muricy

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 13h40

O meia Sérgio Mota acredita que a passagem pelo Toledo, para a disputa do Campeonato Paranaense, vai ajudá-lo a ter boas atuações com a camisa do São Paulo, e espera ansiosamente para ter novas chances com o técnico Muricy Ramalho.

"Estou trabalhando muito firme, pois se a oportunidade aparecer será só comigo", afirmou o meia, de 19 anos, que chegou a participar de alguns jogos da campanha do título brasileiro, no ano passado, e foi relacionado pelo técnico Muricy Ramalho para o jogo do último domingo, contra o Fluminense.

Mesmo tendo ficado de fora até do banco de reservas, ele não escondeu a alegria por ter viajado ao Rio. "Por mais que tenha voltado bem do Toledo, mais à vontade, não pensei que seria relacionado logo no primeiro jogo. Estou melhorando cada vez mais nos treinos, sei que só terei chances de ser aproveitado se me dedicar muito e mostrar em campo", concluiu.

Considerado uma das grandes revelações dos últimos tempos no São Paulo, Sérgio Mota diz que agora está mais preparado para deixar de ser visto como uma promessa. "No ano passado não tive muitas participações, e agora ganhei uma experiência que fará a diferença. Lá no Paraná eu joguei um torneio longo e isso deve me ajudar a já saber como agir nas competições que o São Paulo está disputando", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.