Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

De volta, Zeca põe dúvida na cabeça de Odair para jogo do Inter pela Libertadores

Lateral se recupera de lesão muscular, é destaque contra o Ceará e disputa vaga para jogo contra o Nacional

Redação, Estadão Conteúdo

29 de julho de 2019 | 13h14

Depois de cinco jogos de fora por causa de uma lesão muscular, o lateral-direito Zeca voltou aos gramados no último sábado e ajudou o Internacional na vitória sobre o Ceará por 1 a 0, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Sua participação colocou uma dúvida na cabeça do técnico Odair Hellmann sobre quem escalar na posição na partida contra o Nacional, do Uruguai, nesta quarta-feira, pela rodada de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, também no estádio Beira-Rio.

O treinador declarou que a presença de Zeca durante os 90 minutos do jogo contra o Ceará foi um teste para saber como está sua condição física. Mas nesta segunda-feira não deu qualquer pista se escalará ele ou Bruno, que teve boa atuação no Uruguai na semana passada. Odair Hellmann comandou um treino fechado no CT Parque Gigante e deixou a definição para estar terça ou mesmo minutos antes da partida.

"O Zeca está retomando, treinou bem e a gente oportunizou para ele retomar ritmo de jogo, ritmo de jogar uma partida mesmo para estar apto para usarmos ele em breve. Para ele estar bem, recuperado. Serviu para isso, recuperar ritmo. Segunda-feira a gente decide quem começa a partida de quarta-feira", avisou o treinador do Internacional no último sábado.

Suspense à parte na lateral direita, a escalação não deve ter grandes surpresas e a base do jogo em Montevidéu deve ser mantida. Assim, o provável Inter para pegar o Nacional-URU tem: Marcelo Lomba; Bruno (Zeca), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D'Alessandro e Nico López; Guerrero.  

Internacional e Nacional-URU se enfrentam às 19h15 desta quarta-feira, no estádio Beira-Rio. Após vencer a ida por 1 a 0, o clube colorado joga por um empate para avançar às quartas de final da Libertadores contra o vencedor do duelo entre Flamengo e Emelec, do Equador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.