Max Rossi/Reuters
Max Rossi/Reuters

Decepcionado após derrota, capitão da Suécia não garante continuidade na seleção

Aos 33 anos, Andreas Granqvist defende a camisa da equipe europeia desde 2006, mas só na Rússia fez seu primeiro Mundial

Estadão Conteúdo

07 Julho 2018 | 14h18

Decepcionado e claramente abatido após a derrota por 2 a 0 para a Inglaterra nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, em Samara, o zagueiro e capitão da Suécia, Andreas Granqvist, lamentou a eliminação e desabafou após a partida, dizendo que não sabe se continuará na seleção sueca.

+ Inglaterra marca dois de cabeça, vence a Suécia e garante vaga na semifinal

+ Presidente da CBF terá seu destino debatido em reunião da Conmebol

+ Neymar quebra silêncio e lamenta eliminação: 'Momento mais triste da carreira'

"Eu não sei o que aconteceu. Vamos ver o que vai acontecer daqui para frente, não sei se vou continuar na seleção. Agora estou muito decepcionado, a gente fez um trabalho muito bom, muito fantástico, mas não foi o suficiente", lamentou o zagueiro.

Jogador mais experiente da Suécia, que ele defende desde 2006, Granqvist tem 33 anos e disputou na Rússia seu primeiro e provavelmente último Mundial. Com a não convocação do astro Zlatan Ibrahimovic, o defensor passou a ser a principal liderança da equipe. Ele marcou dois gols nesta Copa, ambos de pênalti.

O técnico Janne Andersson também não soube explicar a derrota para os ingleses, mas se disse orgulhoso do desempenho na competição dos suecos, que terminaram na liderança de um grupo que tinha a Alemanha como favorita antes de eliminarem a Suíça nas oitavas de final.

 

"Taticamente a gente jogou da mesma maneira, da forma que estávamos trabalhando. Fizemos o que estávamos acostumados, mas no geral a gente tinha que fazer algo a mais, mas não dá para dizer que seria diferente. Temos que estar felizes e orgulhosos com o que conquistamos", afirmou o treinador.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.