Decepcionado, Joel Santana vê 'atuação assustadora' do Vasco

Decepcionado, Joel Santana vê 'atuação assustadora' do Vasco

Técnico disse que derrota por 2 a 0 contra o América-RN foi a pior partida do clube carioca sob o seu comando na Série B deste ano

Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2014 | 09h33

Derrotado por 2 a 0 pelo América-RN, na noite desta terça-feira, na Arena das Dunas, em Natal, o Vasco ainda ouviu a torcida da equipe da casa gritar olé no final do segundo tempo. Foi a segunda derrota seguida da equipe carioca na Série B do Campeonato Brasileiro e o técnico Joel Santana não escondeu a sua decepção com a atuação do time, que estacionou nos 54 pontos, na terceira posição da tabela.

Na entrevista coletiva que concedeu após o confronto, o treinador abusou da sinceridade ao analisar o desempenho da sua equipe. "Jogamos mal os dois tempos, merecemos perder. Simples assim. Jogamos mal, foi a pior partida no meu comando. Quando o time joga mal merece perder. Não tem muita coisa que falar, a verdade é essa", ressaltou o treinador.

Joel não parou por aí ao negar que falhas vascaínas tenham sido decisivas para o resultado amargado em Natal. "Nós jogamos muito mal, abaixo da crítica, talvez 5%, 10%, 15% do que podemos, do que um clube como o nosso jogou. Jogamos pessimamente, uma partida horrorosa que fizemos, uma partida assustadora, sobre todos aspectos que você analisar", enfatizou o comandante.

O treinador ainda disse que o América atuou com "mais vontade" do que o Vasco e destacou que o rival saiu de campo vencedor mesmo com o técnico Roberto Fernandes "cheio de problemas" para escalar a equipe. "Esperava mais da equipe. Sabíamos dos problemas do adversário. Se tivéssemos feito o primeiro gol, eles teriam dificuldade. Eles vieram todo remendados", lembrou.

Após duas derrotas, o Vasco terá pela frente a líder Ponte Preta, neste sábado, às 16h20, em São Januário, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVascoJoel Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.