Decepcionado, presidente do Flamengo critica Ronaldo

O presidente do Flamengo, Márcio Braga, afirmou nesta quarta-feira que está decepcionado com o atacante Ronaldo. O jogador usou as instalações do clube para se recuperar de uma lesão no joelho esquerdo e, segundo o dirigente, tinha apalavrado um acordo com a equipe carioca, mas fechou contrato de um ano com o Corinthians. "Nós estamos decepcionados. Ele saiu do Flamengo sem dizer até logo, nem muito obrigado. Foi embora e nos deixou sentindo um amargo na boca, com uma certa tristeza, uma decepção. É isso, nada mais do que isso", afirmou o dirigente em entrevista ao SporTV.Braga disse que tratava da contratação de Ronaldo pelo Flamengo com o procurador e o advogado do atleta, e que um acordo só não foi assinado anteriormente para não apressar o tratamento da lesão. "Iniciamos as conversas para a contratação do Ronaldo mais resolvemos esperar, para não criar nenhum tipo de ansiedade no atleta. Se ele voltasse a jogar, assinaríamos o contrato", disse o presidente. Ele revelou-se chateado por não ter sido comunicado sobre a proposta corintiana. "Se nós estávamos conversando com o procurador do Ronaldo e com o advogado para fazer um contrato de atleta para ele jogar no Flamengo, caso ele recebesse uma outra proposta ele deveria ter trazido ao nosso conhecimento. Mas nada disso foi feito", afirmou Braga. Durante sua recuperação, enquanto treinava na Gávea, o atacante disse que o Flamengo era o primeiro da fila para contratá-lo. Na terça, depois de fechar com o Corinthians, o atacante afirmou que não recebeu propostas do clube carioca. Márcio Braga não concorda com a versão."Ele não foi procurado porque já estava achado. Ele estava treinando no Flamengo, e com seu procurador e seu advogando tratando do assunto conosco, não precisava ser procurado. Ele já estava encontrado", afirmou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.