Decisão do STJD anima Ponte Preta

A decisão do STJD do Rio de Janeiro, que puniu o São Caetano com a perda de 24 pontos, beneficiou diretamente a Ponte Preta. O clube passou a ter mais chances de garantir uma vaga na Copa Sul-Americana, dependendo apenas de suas próprias forças nas últimas duas rodadas. Com quatro pontos, pode assegurar pela primeira vez sua participação numa competição internacional.A derrota para o Fluminense no último sábado, por 1 a 0, em Volta Redonda, praticamente tinha eliminado as possibilidades da Ponte continuar lutando por uma vaga. No entanto, após a perda dos 24 pontos do São Caetano, o cenário mudou completamente no Estádio Moisés Lucarelli. A Ponte subiu para 10ª colocação, com 61 pontos, e agora só depende de suas próprias forças.Segundo cálculos matemáticos, uma vitória sobre o seu concorrente direto, o Internacional-RS, no próximo domingo, e um empate diante do Vitória, na última rodada, classifica o time campineiro. "Realmente nossas chances aumentaram. Agora precisamos aproveitar esta oportunidade", comentou o técnico Nenê Santana.Mas um fator negativo ainda incomoda o treinador. Trata-se da falta de gols. A Ponte é o segundo pior ataque da competição com apenas 40 gols, ficando atrás somente do rival Guarani com 39. "Temos que saber concluir as oportunidades. Infelizmente, não conseguimos melhorar estes números", lamentou.Desfalque - Para o jogo contra os gaúchos, Nenê não poderá contar com o volante Marcus Vinícius. Ele tomou o terceiro cartão amarelo na derrota para o Fluminense. Para ocupar sua vaga, dois jogadores disputam a posição: Ângelo e Ricardo Conceição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.