Paolo Aguilar/EFE
Paolo Aguilar/EFE

Decisivo, Gabigol comemora título da Libertadores pelo Flamengo: 'Fiz história'

Atacante foi autor dos dois gols da vitória sobre o River Plate e terminou como artilheiro da competição com 9 gols

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2019 | 19h46

Herói do Flamengo na conquista da Copa Libertadores, com dois gols sobre o River Plate nos últimos minutos, no estádio Monumental, em Lima, Gabigol comemorou o feito neste sábado e disse que "fez história pelo clube". O atacante também convocou a torcida rubro-negra para "invadir" o Rio de Janeiro na volta da equipe para o Brasil, na manhã deste domingo.

"Primeiro quero agradecer a Deus por esse momento especial. Momento que ficará guardado para o resto da minha vida, momento histórico para todos nós, flamenguistas, brasileiros. Quero agradecer muito minha família, ao estafe, aos jogadores, à nação que invadiu o Peru. Quero só agradecer. Momento histórico", disse o atacante, que acabou eleito melhor jogador da final.

Entrevistado por Júnior e Petkovic, ídolos do Flamengo que comentaram a partida pela TV Globo, o artilheiro da Libertadores de 2019, com nove gols, brincou que agora também fez história pelo clube e reforçou o convite para os torcedores irem fazer a festa no Rio.

"Muito bom estar do lado de vocês, que estão na história do Flamengo, e agora estamos juntos, porque também fiz história. Quero agradecer muito a Deus e convocar todo mundo amanhã [domingo] porque acabou o Rio, o Rio é nosso! Quero convocar todos os flamenguistas. Vamos invadir o Rio. Vamos festejar nas ruas."

A delegação flamenguista tem previsão de chegada ao Rio para às 9h20 de domingo. Os jogadores desembarcarão no aeroporto do Galeão. Após dois encontros que reuniram representantes de órgãos de segurança, prefeitura do Rio e transporte público, ficou definido que a festa irá tomar a Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio. Haverá desfile em carro aberto - o Flamengo solicitou ao Corpo de Bombeiros - e trio elétrico.

EMPRESTADO - Artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 22 gols, e da Libertadores, com 9, Gabriel está emprestado pela Inter de Milão ao Flamengo até o fim da temporada. Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, disse no último mês que tem um acerto adiantado para adquirir o atacante em definitivo. O dirigente disse que a espera a reposta do jogador a uma proposta salarial feita a ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.