Martin Mejia/AP
Martin Mejia/AP

Decisivo, Lucas diz ter feito melhor partida da sua vida

Meia do São Paulo fez três gols na vitória da seleção sub-20 que garantiu o título do Sul-Americano

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 15h37

A seleção brasileira sub-20 teve uma atuação de gala contra o Uruguai, na final do Sul-Americano da categoria, nesta madrugada de sábado, 12, para domingo. Coadjuvante do astro Neymar durante quase todo o torneio, o camisa 10 Lucas marcou três vezes, deu uma assistência e resolveu o jogo que deu o título continental e a vaga olímpica ao Brasil. O são-paulino afirma ter feito ali a melhor partida da sua carreira.

"Foi o melhor jogo de sua vida", garantiu o meio-campista ao Sportv. Lançado na equipe de cima do São Paulo no ano passado depois de levar o time júnior ao título da Copa São Paulo, Lucas agora volta ao Brasil para ser peça fundamental no time do São Paulo.

"Tudo aconteceu muito rapidamente na minha vida. No meio do ano passado, eu cheguei ao profissional, consegui vaga no time titular e fui convocado para vestir a 10 da seleção. Foi tudo muito rápido, mas também merecido. Trabalhei muito para chegar aqui", comemorou Lucas.

O jogador que até meados da temporada passada usava o apelido de Marcelinho agora aguarda uma renovação contratual com o São Paulo. Desde que foi promovido e virou titular da equipe, ele não teve ainda reajuste salarial e sua multa rescisória para clubes brasileiros é muito menor do que o seu valor de marcado.

Lucas chega a São Paulo com parte do grupo campeão sul-americano já nesta segunda de manhã. Junto com os também são-paulinos Willian, Henrique e Casemiro, deverá logo se apresentar ao técnico Paulo César Carpegiani. "Vou ter uma conversa com eles na segunda-feira. Principalmente o Lucas, que é uma posição que temos esta necessidade. Ele já é uma realidade e aproveitou bem suas chances na equipe", afirmou o treinador durante a semana, confirmando que o meia deverá ser titular do time são-paulino na estreia na Copa do Brasil contra o Treze da Paraíba, na quarta.

Outra parte do grupo campeão chega a Rio de Janeiro na tarde de segunda-feira. Os quatro santistas do elenco brasileiro viajam diretamente para a Venezuela, onde o Santos encara o Deportivo Táchira, na terça, na sua estreia na Copa Libertadores.

Veja também:

link Neymar sonha com o ouro olímpico

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSul-Americano Sub-20Lucas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.