Decisivo no Maracanã, Paulo Henrique Ganso é exaltado por Muricy

Treinador acredita que o meia teria espaço na seleção se mantivesse esse nível de atuações

Ronald Lincoln Jr., O Estado de S. Paulo

19 de maio de 2014 | 07h49

RIO - Paulo Henrique Ganso foi o nome da vitória por 2 a 0 do São Paulo sobre o Flamengo, conquistada no último domingo, no Maracanã. O jogador foi autor dos dois gols da vitória no confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro e além disso voltou a mostrar o velho futebol que o fez se destacar no Brasil, se movimentando bastante e fazendo jogadas de efeito.

Após o jogo, o técnico Muricy Ramalho se mostrou satisfeito com o futebol que o jovem vem demonstrando nas últimas partidas e disse que se ele tivesse mostrado esse desempenho regularmente antes, poderia estar na seleção brasileira.

"Ele com certeza tinha que estar na Copa do Mundo, mas com o que ele estava jogando, de maneira irregular, o Felipão não levaria. Hoje (domingo) ele jogou do lado de campo, foi um jogador diferente", afirmou o comandante.

O treinador exaltou a evolução do meia que, para ele, está entendendo que precisa ser mais dinâmico dentro das partidas. "Você tem de mostrar o caminho para o jogador, estou insistindo muito com ele. E ele está entendendo que, se não se mexer, se não entrar na área, não consegue jogar. Ele está comprando essa ideia", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.