Deco defende saídas noturnas e Barça cria novo código interno

Meia diz que jogadores são jovens e têm todo o direito de sair à noite sem ser importunados

Efe,

18 de outubro de 2007 | 10h40

O meia brasileiro naturalizado português Deco, do Barcelona, defendeu as saídas noturnas dos jogadores e criticou o fato de estas questões serem comentadas apenas em caso de derrotas, enquanto o clube espanhol fez um novo código interno para os seus contratados. "Somos jovens e temos todo o direito de sair à noite. Quando uma pessoa que trabalha às 9h, chega a tempo e faz suas obrigações bem, não é um mal profissional", disse o meia em entrevista publicada na revista Fútbol Life. "Caso tenha uma partida no domingo, posso sair na quarta-feira à noite", afirmou Deco, acrescentando que isso não seria um descumprimento do código interno do clube espanhol. O jornal Sport antecipou o conteúdo do novo código que o Barcelona entregou aos jogadores para mostrar como devem agir em determinadas situações. As determinações incluem a proibição de pernoitar ou participar de festas nas vésperas das partidas, de comparecer a eventos publicitários quando os jogadores estiverem concentrados e a obrigação de mostrar um comportamento profissional dentro e fora do campo. Segundo o jornal, os jogadores foram proibidos de praticar esportes de risco, devem manter uma atitude na vida pessoal que não prejudique seu rendimento esportivo e considerar o Barcelona como mais que um time, integrando-se ao máximo à cidade e ao país. O novo código interno foi elaborado a pedido do presidente do clube, Joan Laporta, que afirmou que o Barcelona não conseguiu títulos na última temporada em função da falta de profissionalismo de alguns jogadores.

Tudo o que sabemos sobre:
Barcelona FCDeco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.