Deco volta a sentir dores e deve desfalcar Fluminense

O meia Deco sentiu dores durante o treino desta terça-feira, nas Laranjeiras, e deve desfalcar o Fluminense mais uma vez. Havia a expectativa de que ele pudesse voltar ao time no jogo de quinta-feira, contra o Grêmio, no Rio, mas seu retorno deve ser adiado.

AE, Agência Estado

26 de outubro de 2010 | 19h50

Deco está sem jogar desde o dia 10 de outubro, quando sofreu estiramento muscular na coxa direita. Na última segunda-feira, já liberado pelos médicos, ele retornou aos treinos, com esperanças de jogar na quinta. Mas voltou a sentir dores nesta terça.

Por causa das dores na coxa, Deco passou por uma ressonância magnética nesta terça-feira, que não apontou nenhuma lesão. Mesmo assim, o médico do Fluminense, Douglas Santos, disse que a tendência é que ele seja "preservado" no jogo de quinta.

De qualquer maneira, o médico avisou que a decisão sobre o aproveitamento de Deco será tomada apenas nesta quarta-feira. Sem ele, o técnico Muricy Ramalho ganha mais um problema para armar o time, que já não terá Diogo, Fred, Emerson, Rodriguinho e Tartá.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseDeco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.