Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Dedé quer aproveitar chance e seguir na seleção

Assim como outros jogadores em Córdoba, atacante quer impressionar o técnico Mano Menezes

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 20h04

CÓRDOBA - A chance de participar de um clássico contra a Argentina é encarada por diversos jogadores da seleção brasileira como uma oportunidade única. No jogo desta quarta-feira, o time de Mano Menezes entra em campo em Córdoba só com atletas que defendem clubes brasileiros. E eles sabem que têm uma chance de ouro para mostrar serviço e seguir com o grupo principal, jogando exatamente contra o maior rival.

"Vai ser um desafio importante para a carreira, para seguir na seleção. É um clássico, e ganhar da Argentina é sempre bom", comentou Dedé, que foi convocado para o amistoso contra Gana, mas ainda não fez sua estreia com a camisa do Brasil. Ele será titular em Córdoba.

Outro que vem sendo convocado, mas não tem jogado é o goleiro Jefferson, do Botafogo. Ele quer aproveitar a chance de ser titular para mostrar que tem condições de seguir com o grupo, ainda que na reserva de Julio Cesar. "Oportunidade ela aparece, independente de números, do momento. Já tive varias convocação e esse é o momento de mostrar meu potencial, mostrar que tenho condições de estar aqui na seleção brasileira", comentou o botafoguense.

Situação um pouco diferente vive Leandro Damião. Pelo bom desempenho na temporada defendendo a camisa do Internacional, o atacante foi titular contra Gana, deixando Pato no banco, marcou o gol da vitória do Brasil e já fala como titular. Ele quer uma vitória para não deixar dúvidas sobre o fim da má fase da equipe. "É um jogo importante, todo mundo quer estar jogando um clássico. Nada contra a Argentina, mas temos que aproveitar o momento bom, que estamos vindo de uma vitória. Com certeza o mundo vai estar assistindo", disse Damião, mostrando otimismo.

O jogo contra a Argentina é valido pelo Superclássico das Américas, torneio amistoso que revive a antiga Copa Roca. A partida de ida será nesta quarta, às 21h50, em Córdoba. A de volta, no dia 28, em Belém. Em caso de igualdade após 180 minutos, o título será decidido nos pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileiraDedé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.