Dedé vai passar por cirurgia e desfalcará o Cruzeiro em toda a Libertadores

O Cruzeiro perdeu mais um titular para a disputa da Copa Libertadores. Depois de Egídio, Ricardo Goulart e Marcelo Moreno deixarem o clube, o zagueiro Dedé também vai ter que sair do time. O jogador terá que ser submetido a uma cirurgia no joelho direito e tem previsão de retorno de seis a oito meses. Assim, corre o risco de só voltar a jogar no segundo turno do Brasileirão.

Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2015 | 17h01

O ex-vascaíno se lesionou ainda na conquista do título brasileiro do ano passado, em 5 de novembro. O Cruzeiro tentou tratamentos menos radicais, mas nesta sexta-feira foi constatada que não há outra solução senão uma cirurgia para reparar o ligamento cruzado posterior do joelho direito. A operação acontecerá na próxima terça-feira, no Rio.

"No final do ano, o atleta passou por um episódio que demandou um tratamento não cirúrgico. O jogador vinha evoluindo bem, com melhoras. Ele se reapresentou melhor, mas em condições abaixo do que a gente esperava. Em cima disso e de novos exames, a gente indicou a cirurgia justamente para que já se solucione de uma vez o problema dele e que não seja estendida uma expectativa de evolução. O tempo de recuperação do atleta será de seis a oito meses", explicou o médico Sérgio Freire Júnior.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroDedéCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.