Dedé valoriza ponto e ainda vê Vasco na briga pela taça

Depois de ajudar o Vasco a pelo menos não sair derrotado de campo no empate por 0 a 0 com a Ponte Preta, no último domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o zagueiro Dedé evitou mostrar desânimo com o resultado que deixou o time carioca com 44 pontos, a 12 do líder Fluminense no Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2012 | 09h14

O defensor enfatizou que o time vascaíno ainda sonha com a conquista do torneio nacional, embora hoje a realidade da equipe seja a quarta colocação da tabela, na qual agora tem apenas dois pontos de vantagem sobre o São Paulo, o quinto colocado.

"A gente queria muito a vitória. Nosso objetivo ainda é o título, a gente tem que pegar esse ponto e fazer com que ele seja favorável. E agora, em casa, a gente tem que vencer", projetou Dedé, se referindo ao confronto do próximo sábado, contra o Figueirense, às 18h30, em São Januário, pela 27.ª rodada do Brasileirão.

"Enquanto pudermos, nós vamos sonhar com o título. Somos um time guerreiro e vamos lutar até o final", prometeu o zagueiro, que antes da partida diante da Ponte Preta chegou a admitir certa decepção ao confirmar que o elenco vascaíno vem convivendo com atrasos no pagamento de salários.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoDedé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.